Saída de barco de Assuão para o Templo de Philae (EGIPTO)


26 de dezembro de 2016 Facebook Twitter LinkedIn Google+ Airbnb Bem-vindo a um mundo de viagens



Bem-vindo a um mundo de viagens.

Acomodações, experiências e lugares — tudo em um único aplicativo.
Queremos que todas as viagens que você fizer sejam mágicas, para que você não precise mais seguir os mapas, esperar em filas e tirar fotos dos mesmos lugares de sempre. Agora você tem acesso a experiências únicas, casas incríveis e os lugares favoritos dos moradores de cada local — tudo isso em um único aplicativo.
Cadastre e ganhe desconto especial para qualquer destino.

– Assuão (português europeu) ou Assuã (português brasileiro) (em árabe: أسوان; em grego antigo: Συήνη Syene) é uma cidade do sul do Egipto, a cerca de 950 quilómetros do Cairo. O nome da cidade significa "mercado".

– Ao longo do curso do Rio Nilo existem algumas barragens, sendo uma das mais importantes a Grande Barragem de Assuão no Egipto. Entre 1899 e 1902, construiu-se com apoio económico de Inglaterra, a primeira barragem de Assuão, que foi alargada em 1911 e 1934. Entre 1959 e 1970 construiu-se a Grande Barragem de Assuão, a cerca de oito quilómetros da primeira barragem, graças ao apoio fornecido pela União Soviética.

Confira também a nossa foto-reportagem no Rio Nilo em

– Com a construção da Grande Barragem de Assuão (1960-1971), todos os monumentos da ilha de Philae foram transferidos para a Ilha Agilika, que fica a cerca de 300 metros. O projecto foi patrocinado pela UNESCO e concretizou-se entre 1972 e 1980, enquanto Agilika era transformada para se assemelhar a Philae. Por esta razão, o famoso templo de Ísis foi reconstruído na ilha de Agilkia num conjunto designado de Templo de Philae, que integra ainda o pavilhão de Nectanebo, a porta de Adriano, o templo de Hátor, o Pavilhão de Trajano, o templo de Augusto e a Porta de Diocleciano.

Este vídeo é propriedade exclusiva do Blog Mundo de Viagens.

Captura e edição: Gonçalo Sousa –

Comentário